Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Acordo entre SMPE e MTUR vai simplificar registro no Cadastur

Geral

Acordo entre SMPE e MTUR vai simplificar registro no Cadastur

Com o acordo, os prestadores de serviço de turismo poderão cadastrar documentos no Sistema Cadastrur pela internet

publicado: 05/11/2014 19h14 última modificação: 05/11/2014 19h21

Brasília, 05/11/2014 - Facilitar o cadastramento de prestadores de serviços turísticos, este é o principal objetivo do acordo de cooperação técnica firmado nesta quarta-feira, (05), em Brasília, entre os ministros da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, e do Turismo (MTur), Vinicius Lages. 

O acordo vai possibilitar acesso do MTur ao Cadastro Nacional de Empresas Mercantis (CNE), mantido pela SMPE, tornando o procedimento de cadastramento no sistema Cadastur mais ágil e simples. Esse esforço modernizará a ferramenta e o prestador de serviço poderá cadastrar seus documentos por meio eletrônico.

De acordo com o ministro da SMPE, Guilherme Afif Domingos, a simplificação viabilizará o cadastro de milhares de empresas sem a burocracia de antes. “Não será mais necessário o deslocamento até a sede do órgão para efetuar o cadastro. Tudo será feito pela internet. No mundo digital quem viaja são os dados, não as pessoas”, disse.

O ministro do MTur, Vinícius Lages, disse que construir uma agenda de convergência é vital para que a atividade empreendedora seja facilitada. “Esta integração vai nos ajudar, inclusive, a potencializar o universo do turismo”. “Esperamos evoluir esta parceria e que em breve possamos dispor de um ambiente de negócios no portal Empresa Simples”, enfatizou. 

O ministro Afif afirmou ,ainda, que é necessário enfrentar a resistência em desburocratizar. “O acordo visa, na verdade, unificar forças em termos de simplificação dos processos de registros, compartilhando registros, até para desafogar um pouco a vida do cidadão”, completou.

O MTur é o primeiro órgão federal a se adaptar as disposições da Lei 147/2014 e a simplificar o tratamento às micro e pequenas empresas.