Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Arte em palito de fósforo se destaca no Salão Mãos do Brasil

Geral

Arte em palito de fósforo se destaca no Salão Mãos do Brasil

Artesãos fazem miniaturas de imagens santas, artistas, esportistas, personalidades, políticos em palitos de fósforo

por Luciene Cruz publicado: 18/12/2014 11h01 última modificação: 18/12/2014 11h01
Ministro Afif e o artesão Arlindo Monteiro. Crédito da foto: ASCOM/SMPE.

Ministro Afif e o artesão Arlindo Monteiro. Crédito da foto: ASCOM/SMPE.

São Paulo, 17/12/14 - Nas mãos de pessoas comuns um palito de fósforo cumpre apenas seu papel original de acender o fogo, mas nas mãos cuidadosas dos artesãos se transforma em arte. Conhecer de perto o artesanato brasileiro é se impressionar e se encantar com a capacidade criativa desses artistas anônimos que transformam em arte simples objetos do cotidiano.

Os palitos têm, em média, quatro centímetros de comprimento. A ponta possui entre três e oito milímetros, e nesse minúsculo espaço, os artesãos conseguem criar verdadeiras obras de arte. A paixão pelo artesanato fez com que Albino Júnior, 33 anos, largasse há um ano a carreira executiva para se dedicar apenas às obras de arte no palito.

"Sempre fiz as esculturas como hobby, mas decidi me dedicar exclusivamente. Fiz pós-graduação em gerência de projetos e agora decidi usar isso para gerenciar minha própria vida", comentou. Para ele, tudo começou quando aos 14 anos quis fazer personagens para colocar em esculturas maiores de casas. Desde então, os personagens ganharam vida própria e são a arte principal desse artista.

Têm de tudo, imagens santas, artistas, esportistas, personalidades, políticos entre outros. Basta olhar a miniatura para identificar o personagem. 

O artesão Arlindo Monteiro deixou de lado as esculturas de três metros para se aventurar nas miniaturas. Há 28 anos sonhou com Jesus Cristo talhado em um palito de fósforo e não parou mais. "Gastei mais de uma caixa para conseguir terminá-lo, mas foi a partir daí que larguei esculturas maiores, me dedico só às miniaturas e sustento minha família", comentou.

Monteiro agora trabalha para conseguir contar a história do Brasil por meio dos palitos de fósforos. "Serão 21 mil esculturas, quero passar por todos os estados brasileiros", finalizou.

Quem quiser conhecer um pouco desse trabalho, e conferir artesanato de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal, basta ir ao Mãos do Brasil Salão de Artesanato, que ocorre até o próximo sábado dia 20, no Centro de Convenções Anhembi, avenida Olavo Fontoura, 1209. 

A entrada é franca. Até quinta-feira o horário de funcionamento é de 14h às 22h. Na sexta e sábado, a feira começa às 11h e termina às 22h.

Serão disponibilizados ônibus, a cada 20 minutos, saindo da Estação Tietê do metrô.

Por Luciene Cruz.