Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Caixa regulamenta tratamento diferenciado do FGTS para MPEs

Geral

Caixa regulamenta tratamento diferenciado do FGTS para MPEs

Os débitos de contribuições devidas do FGTS poderão ser parcelados em até 90 vezes, com parcela mínima de R$ 180 mensais

publicado: 15/04/2015 16h13 última modificação: 15/04/2015 16h13

Brasília, 14/04/2014 - A partir desta segunda-feira (13), os micro e pequenos empresários passam a contar com tratamento diferenciado para o parcelamento de débito de contribuições devidas ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que poderá ser dividido em até 90 parcelas mensais com valor mínimo de R$ 180. Para as médias e grandes empresas, o parcelamento continuará sendo em 60 meses com parcela mínima de R$ 360. A medida foi divulgada por meio da Circular 675/15 da Caixa Econômica Federal, publicada ontem no Diário Oficial da União, regulamentando a Resolução 765/2014.

Para desfrutar do benefício, os interessados deverão estar classificados corretamente no sistema do Fundo, além de cumprir as obrigações cadastrais e operacionais exigidas pela Caixa, conforme estabelecidas no Manual Operacional do FGTS.

Confira aqui o Manual Operacional do FGTS.

Por Daniel Lansky.