Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministro apresenta estudo de revisão das tabelas do Simples na CNI

Geral

Ministro apresenta estudo de revisão das tabelas do Simples na CNI

Durante o encontro, o ministro disse que a proposta vai criar uma rampa suave para que as empresas não tenham medo de crescer

publicado: 24/02/2015 17h36 última modificação: 24/02/2015 17h36
Crédito da foto: Miguel Ângelo/CNI

Crédito da foto: Miguel Ângelo/CNI

Brasília, 24/02/2015 - O ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, defendeu, nesta terça-feira, (24), a criação de uma rampa suave de tributação para micro e pequeno empresário, durante apresentação do estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) na primeira reunião da diretoria da Confederação Nacional da Indústria – CNI.

Durante a reunião, o ministro destacou a importância das mudanças que estarão na proposta que deve ser enviada em março ao Congresso Nacional. “Queremos que o empresário deixe de ter medo de crescer. E temos certeza que a revisão das tabelas, e a ampliação do teto do Simples, é o caminho para que as MPEs continuem a ter crescimento significativo como tem acontecido nos últimos anos”.

O projeto de revisão das tabelas do Simples prevê a substituição das atuais 20 faixas de tributação para sete, além do reajuste do teto do Simples para $ 7,2 milhões nas empresas do setor de comércio e serviços e para R$ 14,4 milhões nas indústrias.

Na ocasião, o ministro da SMPE também apresentou o Empresômetro (www.forumpermanente.smpe.gov.br), um medidor, em tempo real, do perfil das empresas brasileiras.

Por Thaís Victer.