Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministro Guilherme Afif e prefeito Fernando Haddad combinam feira de artesanato para o Natal

Geral

Ministro Guilherme Afif e prefeito Fernando Haddad combinam feira de artesanato para o Natal

A reunião ocorreu no gabinete do prefeito, com o ministro e secretários da SMPE e da Prefeitura; intenção é realizar a maior feira de artesanato do País

A feira, que vai reunir peças do artesanato do País, ocorrerá entre os dias 10 e 20 de dezembro, no Parque Anhembi, em São Paulo. Essa é mais uma iniciativa da SMPE de apoio ao artesanato brasileiro.
publicado: 20/02/2014 11h46 última modificação: 23/07/2014 19h00

São Paulo - 23/05/14 - Após encontro ocorrido na tarde de hoje (23), o ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, acordaram parceria de um grande festival do artesanato brasileiro.

A feira, que vai reunir peças do artesanato do País, ocorrerá entre os dias 10 e 20 de dezembro, no Parque Anhembi, em São Paulo. Essa é mais uma iniciativa da SMPE de apoio ao artesanato brasileiro.

O objetivo da parceria é promover a arte dos artesãos brasileiros. Para o ministro Guilherme Afif, a ação conjunta é uma oportunidade para a população brasileira prestigiar o trabalho nacional durante o período do Natal para ampliar produção e venda.

“O artesão brasileiro é nosso foco, nossa motivação. São mãos brasileiras que transformam e geram renda de milhares de brasileiros. Estamos dando uma oportunidade para que esses artesãos enfrentem a concorrência que vem de fora nessa época de festas”, destacou.

O aumento da comercialização do artesanato é um dos principais objetivos do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB). Nesse sentido, a SMPE doou um caminhão-baú a todas as unidades federativas para fomentar as vendas do artesanato.

Com a melhoria na logística, será possível aumentar a participação de um maior número de artesãos e  produtos nas feiras, além de viabilizar a  presença em eventos por todo o país.

O PAB, vinculado à SMPE, é responsável por desenvolver ações que visem valorizar o artesão brasileiro, elevando seu nível cultural, profissional, social e econômico, bem como desenvolver e promover o artesanato e a empresa artesanal.