Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SEMPE apresenta proposta de sistema para integração nacional das Juntas Comerciais

Geral

SEMPE apresenta proposta de sistema para integração nacional das Juntas Comerciais

O sistema de Registro e Licenciamento de Empresas (RLE) foi apresentado com o intuito das Juntas Comerciais conhecerem suas funcionalidades e avaliarem o interesse na adoção

por publicado: 21/10/2016 11h57 última modificação: 23/11/2016 11h04

O diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração (DREI), Conrado Fernandes, apresentou aos representantes das Juntas Comerciais do país, uma oficina sobre o funcionamento do projeto Registro e Licenciamento de Empresas (RLE), na última terça-feira (18), no auditório do Palácio do Planalto, em Brasília.

O objetivo do evento foi apresentar às Juntas as funcionalidades do RLE e fornecer subsídios, para as Juntas Comerciais formarem a convicção de eventual adesão ao Projeto. Atualmente, o projeto-piloto do RLE está implantado no Distrito Federal.

Na abertura do evento, Conrado Fernandes explicou que fica a critério de cada estado optar pela ferramenta de integração. “A SEMPE, enquanto responsável pela sugestão da ferramenta de integração RLE, precisa saber se de fato ela é interessante para seus principais usuários”. O diretor ressaltou ainda que “esse é um momento fundamental para gerarmos insumos que possam ser utilizados nas deliberações que serão feitas no âmbito do Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios “CGSIM)”.

A diretora do Departamento de Competitividade e Gestão (DCG) da SEMPE, Lucélia Mota, foi a responsável por apresentar o passo a passo do funcionamento do RLE durante o evento. “O RLE surge para minimizar a burocracia. Ele elimina o contato físico do empreendedor com os órgãos que viabilizam os processos de abertura de empresas”, afirmou.

O presidente da Associação Nacional dos Presidentes das Juntas Comerciais (ANPREJ) e também da Junta Comercial do Paraná (JUCEPAR), senhor Ardisson Naim Akel, participou do evento e teceu as seguintes considerações:

“É um momento de muita importância, pois mostra consideração por parte da SEMPE e do DREI em relação a nossa opinião, neste processo de parceria. Estamos muito satisfeitos com o nível de diálogo, que vai nos permitir decidir juntos sobre a possível implantação de um novo sistema integrador”, comemorou.

Para ver as apresentações da Oficina, clique nos links a seguir:

Apresentação RLE

Apresentação RLE.Serpro