Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Em São Paulo, MDIC lança Portal do Artesanato Brasileiro
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Em São Paulo, MDIC lança Portal do Artesanato Brasileiro

imagem sem descrição.

Lançamento foi feito no 11º Salão do Artesanato, organizado pela Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa com a participação de artesãos de 25 estados

São Paulo (9 de novembro) - Foi lançado nesta quinta-feira (8), em São Paulo, o Portal do Artesanato Brasileiro onde estão reunidas todas as informações sobre o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), como normas e legislações, catálogo de produtos, dados sobre feiras e eventos, entre outras.

O lançamento foi feito pelo ministro Marcos Jorge, com a presença do secretário Especial da Micro e Pequena Empresa (Sempe) do MDIC, José Ricardo da Veiga e da secretária de Desenvolvimento Econômico do município de São Paulo, Aline Cardoso, no 11º Salão do Artesanato, organizado pela Sempe.

“Muito temos avançado com as políticas formuladas pelo PAB, gerido pelo MDIC. Elas estão focadas em dinamizar o setor por meio de melhorias da base legal e do estimulo ao registro profissional do artesão e ao apoio à comercialização e à divulgação dos produtos artesanais”, disse o ministro Marcos Jorge.

Durante o lançamento o ministro também se reuniu com os coordenadores estaduais do PAB, responsáveis pela curadoria da feira.

A ideia de realizar o evento surgiu a partir de uma demanda específica. Foi um pedido feito ao ministro Marcos Jorge e ao secretário José Ricardo da Veiga pelos artesãos e também pelos coordenadores estaduais do PAB em abril deste ano, durante o Salão do Artesanato de Brasília.

“Com o empenho da Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, levamos a ideia adiante e o espaço está muito bonito e diversificado”, afirmou Marcos Jorge. Após o lançamento do Portal, o ministro fez uma uma visita aos stands.

A Feira reúne até o próximo domingo (11) o artesanato produzido em 25 estados do Brasil. Com stands de 100 metros quadrados, o dobro do tamanho usual em feiras similares, o espaço, na Expo Center Norte, foi concebido para ser um ambiente destinado à difusão e ao intercâmbio de diferentes culturas.

“É sempre bom frisar que o artesanato é, acima de tudo, a expressão da cultura de um povo. E me orgulha dizer que o nosso artesanato e nosso povo são conhecidos em todo o mundo por sua criatividade e diversidade. Ao mesmo tempo, falamos também de desenvolvimento, geração de renda e empregos. Ou seja, são muitos os benefícios ao apoiar esse importante segmento”, avaliou o ministro.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC 
(61) 2027-7190 e 2027-7198 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
  

registrado em:
Fim do conteúdo da página